AS DROGAS MATAM

O TABACO PODE MATAR

Você pode escolher: A VIDA É SUA!


Quarta-feira, 31.10.12

Halloween

 

É o dia do ano em que todos usam mascaras, não só eu.

As pessoas acham divertido fingir ser um monstro; e eu passei a vida inteira... fingindo não ser um.

De Coringa Quinn

Um feliz Halloween para você!


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 21:09 | link do post | E custa, comentar neste blog? | ver fofocas (1) | favorito

Sábado, 19.03.11

O Dia do Pai é uma celebração anual que visa homenagear os pais.

O Dia do Pai em Portugal é comemorado no dia 19 de Março.

Celebra-se no dia de São José, santo popular da igreja católica.

São José foi marido de Maria, mãe de Jesus Cristo.

 

A tradição manda que seja entregue uma prenda ao pai para homenagear o pai.

As crianças costumam oferecer prendas simbólicas como trabalhos manuais, músicas e poemas que fazem na escola.

A família costuma reunir-se, muitas vezes com pais, tios e avós presentes, de forma a homenagear os pais da família.

 

A celebração da data varia de país para país.

Além de Portugal, também celebram o Dia do Pai no dia 19 de Março a Espanha, Itália, Andorra, Bolívia, Honduras e Liechstenstein.

 

Origem do Dia do Pai

 

Existem duas histórias sobre a origem do Dia do Pai:

 

1. A instauração do Dia do Pai teve origem nos Estados Unidos da América, em 1909. Sonora Luise, filha de um militar resolveu criar o Dia dos Pais motivada pela admiração que sentia pelo seu pai, William Jackson Smart.

A festa foi ficando conhecida em todo o país e em 1972, o presidente americano Richard Nixon oficializou o Dia dos Pais.

 

2. Na Babilónia, em 2000 A.C. um jovem rapaz de nome Elmesu escreveu numa placa de argila uma mensagem para o seu pai, desejando saúde,
felicidade e muitos anos de vida ao seu pai.

-------------------

http://www.calendarr.com/portugal/dia-do-pai/


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 19:09 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Terça-feira, 15.06.10

Homenagem ao Dia do Mestre

(Refletindo sobre o ato de aprender)

Aprender não é acumular certezas nem estar fechado em respostas
Aprender é incorporar a dúvida e estar aberto a múltiplos encontros
Aprender não é dar por consumada uma busca
Aprender não é ter aprendido
Aprender não é nunca um verbo do passado
Aprender não é um ato findo
Aprender é um exercício constante de renovação
Aprender é sentir-se humildemente sabedor de seus limites, mas com a coragem de não recuar diante dos desafios
Aprender é debruçar-se com curiosidade sobre a realidade - É reinventá-la com soltura dentro de si
Aprender é conceder lugar a tudo e a todos e recriar o próprio espaço
Aprender é reconhecer em si e nos outros o direito de ser dentro de inevitáveis repetições porque
aprender é caminhar com seus pés um caminho já traçado - É descobrir de repente uma pequena flor inesperada
É aprender também novos rumos onde parecia morrer a Esperança
Aprender é construir e reconstruir pacientemente - Uma obra que não será definitiva porque o humano é transitório
Aprender não é conquistar nem apoderar-se mas peregrinar
Aprender é estar sempre caminhando, não é reter mas comungar.
Tem que ser um ato de amor para não ser um ato vazio.
-----------------

Paulo Freire
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/mariahelena/#332089 
(Blog de Maria Helena Rubinato)


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 18:38 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Sexta-feira, 12.06.09

As comemorações de 14 de Fevereiro, dia de S. Valentim, como dia dos namorados, tem várias explicações – umas de tradição cristã, outras de tradição romana, pagã.

A Igreja Católica reconhece três santos com o nome Valentim, mas o santo dos namorados pensa-se ter vivido no século III, em Roma, tendo morrido como mártir no ano 270. Em 496, o papa Gelásio reservou o dia 14 de Fevereiro ao culto de S. Valentim.

Valentim era um sacerdote cristão contemporâneo do imperador Cláudio II.

Cláudio queria constituir um exército romano grande e forte; não conseguindo levar muitos romanos a alistarem-se, acreditou que tal sucedia porque os homens não se dispunham a abandonar as suas mulheres e famílias para partirem para a guerra. E a solução que encontrou… foi proibir os casamentos dos jovens!

Valentim ter-se-á revoltado contra a ordem do imperador e, ajudado por S. Mário, terá casado muitos casais em segredo. Quando foi descoberto, foi preso, torturado e decapitado a 14 de Fevereiro.

A lenda tem ainda algumas variantes que acrescentam pormenores a esta história.

Segundo uma delas, enquanto estava na prisão Valentim era visitado pela filha do seu guarda, com quem mantinha longas conversas e de quem se tornou amigo.

No dia da sua morte, ter-lhe-á deixado um bilhete dizendo «Do teu Valentim».

Quanto à tradição pagã, pode fundir-se com a história do mártir cristão:

na Roma Antiga, celebrava-se a 15 de Fevereiro (que, no calendário romano, coincidia aproximadamente com o início da Primavera) um festival, os Lupercalia. Na véspera desse dia, eram colocados em recipientes pedaços de papel com o nome das raparigas romanas. Cada rapaz retirava um nome,
e essa rapariga seria a sua «namorada» durante o festival (ou, eventualmente, durante o ano que se seguia).

Com a cristianização progressiva dos costumes romanos, a festa de Primavera, comemorada a 15 de Fevereiro, deu lugar às comemorações em honra do santo, a 14 de Fevereiro.

Há também quem defenda que o costume de enviar mensagens amorosas neste dia não tem qualquer ligação a S. Valentim, mas deve-se ao facto de
assinalar o princípio da época de acasalamento das aves.

Com o decorrer do tempo, o dia 14 de Fevereiro ficou marcado como a data de troca de mensagens amorosas entre namorados, sobretudo em
Inglaterra e na França – e, mais tarde, nos Estados Unidos. Neste último país, onde a tradição está mais institucionalizada, os cartões de S. Valentim já eram comercializados no início do século XIX.

 

Actualmente, o dia de S. Valentim é comemorado em muitos países do mundo como pretexto para os casais de namorados trocarem presentes.
http://www.malhatlantica.pt/paulaperna/s_valentim.htm
----------------

14/02/2006
Sara Rafael
http://geocities.yahoo.com.br/jerusalem_13/sararafael.html


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 17:49 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Terça-feira, 10.06.08

Não há certezas quanto à origem do dia das Mentiras. O certo é que, tratando-se de uma das actividades mais persistentes na vida humana, ele é comemorado um pouco por toda a parte.

A comemoração a 1 de Abril parece estar ligada à introdução do calendário gregoriano, em 1564.

Até então, o início do ano era comemorado na semana entre 25 de Março e 1 de Abril, coincidindo com o equinócio de Primavera.

O rei francês Charles IX adoptou o novo calendário, com início a 1 de Janeiro.
Mas muitas pessoas, por falta de conhecimento ou conservadorismo, ignoraram esta alteração.

Os adeptos do novo calendário troçavam, chamando-lhes «tolos de Abril», convidando-os para festas imaginárias no dia 1 de Abril e pregando várias
partidas.

A tradição estendeu-se a outras regiões europeias e depois à América.

Muitos órgãos de comunicação social aderiram à comemoração, e é já tradicional incluir, entre as notícias autênticas, um qualquer disparate, mais ou menos disfarçado, para testar a perspicácia e credulidade dos leitores, ouvintes, espectadores e navegadores.

Num registo mais caseiro, desde coser os bolsos, a pôr sal no açucareiro, a trocar a ordem das páginas dos jornais, colar mensagens nas costas de amigos e familiares, pedir às pessoas que façam recados absurdos, aos mais recentes telefonemas ou e-mails, vale quase tudo para pregar uma boa partida.
Sobretudo se a vítima também puder rir-se no final...
------------------

fonte: sapo.pt


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 18:13 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Sexta-feira, 15.06.07

 

 

O Halloween foi criado pelo povo celta, que viveu nas Ilhas Britânicas cinco séculos antes de Cristo. Eles inventaram a festa para marcar o fim oficial do verão, o início do ano novo, o término da última colheita, a renovação das leis, retorno dos rebanhos e armazenamento das provisões para o Inverno.

A festa tinha vários nomes como Samhain, Samhein, La Samon e Festa do Sol.

 

Mas o que prevaleceu foi Halloween, adaptada de "All Hallows Eve", que significa véspera do Dia de Todos os Santos, comemorado no 1º de Novembro.

Para o povo druida, Samhain marcava o fim do verão com direito a um festival em sua homenagem, conhecido como Festival Druida de Samhain, comemorado em 31 de Outubro.

Segundo a lenda, as almas dos que morreram ao longo do ano voltavam para tomar os corpos dos vivos no ano que se iniciaria.

Um dos rituais mais marcantes da festa era as fogueiras acesas nas casas durante as comemorações. Os vivos que não queriam ser possuídos apagavam o fogo para que o local parecesse ser frio e indesejado, além de se vestirem com fantasias de criaturas assustadoras e desfilarem na
vizinhança para afugentar os espíritos que vagavam."

-------------------------------

1/11/2006

Sara Rafael

http://geocities.yahoo.com.br/jerusalem_13/sararafael.html


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 17:19 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Sábado, 10.06.06

O Dia Mundial do Trabalho foi criado por um Congresso Socialista realizado em Paris, em 1889.

 A data foi escolhida em homenagem à greve geral, que aconteceu em 1º de Maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial dos Estados Unidos naquela época.

Milhares de trabalhadores foram às ruas para protestar contra as condições de trabalho desumanas a que eram submetidos e exigir a redução da jornada de trabalho de 13 para 8 horas diárias.

Naquele dia, manifestações, passeatas, piquetes e discursos movimentaram a cidade.

Mas a repressão ao movimento foi dura: houve prisões, feridos e até mesmo mortos nos confrontos entre os operários e a polícia.

Em memória dos mártires de Chicago,  (oito trabalhadores presos que foram julgados e enforcados),  e por tudo o que esse dia significou na luta dos trabalhadores pelos seus direitos, servindo de exemplo para o mundo todo, o dia 1º de Maio foi instituído como o Dia Mundial do Trabalho.

No Brasil, só em 1925, pelo decreto do presidente Artur Bernardes, a data foi considerada feriado nacional.

 

Conheça algumas expressões:

- Trabalho beneditino: o que exige muita paciência.
- Trabalho braçal: serviço feito com o auxílio dos braços (carregar, descarregar etc.).
- Trabalho-de-noivo: serviço temporário observado em alguns povos primitivos, que um homem presta ao futuro sogro, a fim de adquirir o direito à noiva.
- Trabalho de sapa:

a) trabalho oculto, ardil, trama;
b) acção oculta ou conspiração contra alguém.

- Trabalho de Sísifo: trabalho estafante e inútil, porque, uma vez acabado, é preciso recomeçar.
- Trabalho ingrato: trabalho muito difícil e rude, e que não dá o proveito esperado.
- Trabalho insalubre: o que por sua natureza ou pelo método empregado pode ocasionar moléstias mais ou menos graves.
- Trabalho livre: trabalho feito por homens de condição livre, e não por escravos.
- Trabalho servil: o que é executado por escravos.
- Trabalhos de Hércules: as doze empresas que lhe são atribuídas pela fábula.

 

Veja quantos significados tem a palavra trabalho:

01. Ato ou efeito de trabalhar.
02 Exercício material ou intelectual para fazer ou conseguir alguma coisa;ocupação em alguma obra ou ministério.
03. Esforço, labutação, lida, luta.
04. Aplicação da actividade humana a qualquer exercício de carácter físico ou intelectual.
05. Tipo de acção pelo qual o homem actua, de acordo com certas normas sociais, sobre uma matéria, a fim de transformá-la.
06. Esmero ou cuidado que se emprega na feitura de uma obra.
07. A composição ou feitura de uma obra.
08. A própria obra que se compõe ou faz.
09.Obra literária ou artística.
10.Maneira como alguém trabalha.
11. Maneira como funciona um aparelho.
12. Movimento que se produz nos materiais industriais.
13. Acção dos agentes naturais.
14. Discussão ou deliberação para preparar resoluções.
15. Fís - Produto da multiplicação de uma força pela distância percorrida pelo ponto de aplicação, na direcção da força.
16. Mec - Acção de uma força que põe em movimento um corpo que lhe opõe resistência.
17. Fís - Esforço empregado em vencer uma resistência.
18. Med - Conjunto dos fenómenos que constituem o parto.
19. Fisiol - Fenómeno orgânico que se opera no âmago dos tecidos.
20. Incómodo, infortúnio, tormento ou sucesso infeliz.
21. Gíria: roubo, assalto, execução de um delito.

---------------------------------------------

1/05/2006

Fonte: Moderno Dicionário da Língua Portuguesa
Michaelis

Fonte: IBGE / Ministério do Trabalho

http://www.terra.com.br/almanaque/datas/index.htm

http://www.zaz.com.br/almanaque/


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 17:08 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Quarta-feira, 15.06.05

cartao_obrigada.gifUma promessa mudou para sempre o calendário de datas comemorativas dos Estados Unidos e de várias outras nações.
A filha jurou à mãe criar o "Dia das Mães". Nove anos mais tarde, a promessa foi cumprida. Mas, em seguida, veio o arrependimento.

A história da criação do Dia das Mães começa nos Estados Unidos, em maio de 1905, numa pequena cidade do Estado da Virgínia Ocidental. Foi lá que a filha de pastores Anna Jarvis e algumas amigas começaram um movimento para instituir um dia em que todas as crianças se lembrassem e homenageassem suas mães.
A ideia do movimento era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais.
Para Anna a data tinha um significado mais especial: homenagear a própria mãe, Ann Marie Reeves Jarvis, falecida naquele mesmo ano.
Ann Marie tinha almejado um feriado especial para honrar as mães. E Anna jurou terminar o trabalho que ela havia começado.

Durante três anos seguidos, Anna lutou para que fosse criado o Dia das Mães. Em 10 de Maio de 1908, ela conseguiu que fosse celebrada uma missa em homenagem às mães na Igreja Metodista Andrews, da cidade de Grafton (Virgínia Ocidental). Anna nasceu em 1864 na cidade de Webster, localizada no mesmo Estado, mas mudou-se para Grafton antes de completar dois anos de idade.

A primeira celebração oficial do dia das mães aconteceu somente dois anos depois, em 26 de abril de 1910, quando o governador William E. Glasscock incorporou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado. Virgínia Ocidental se tornou o primeiro estado a reconhecer a data oficialmente. Mas rapidamente outros estados norte-americanos aderiram à comemoração.

Em 1914, o então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson (1913-1921), unificou a celebração em todos os estados, estabelecendo que o Dia Nacional das Mães deveria ser comemorado sempre no segundo domingo de Maio. A sugestão foi da própria Anna Jarvis. Em breve tempo, mais de 40 países adoptaram a data.

O sonho foi realizado, mas, ironicamente, o Dia das Mães se tornou uma data triste para Anna Jarvis. A popularidade do feriado fez com que a data se tornasse uma dia lucrativo para os comerciantes -- principalmente para os que vendiam cravos brancos, flor que simboliza a maternidade.
"Não criei o dia as mães para ter lucro", disse furiosa a um repórter, em 1923. Nesta mesmo ano, ela entrou com um processo para cancelar o Dia das Mães, sem sucesso.

Anna passou praticamente toda a vida lutando para que as pessoas reconhecessem a importância das mães. Na maioria das ocasiões, utilizava o próprio dinheiro para levar a causa a diante.
Dizia que as pessoas não agradecem frequentemente o amor que recebem de suas mães. "O amor de uma mãe é diariamente novo", afirmou certa vez.
Anna morreu em 1948, aos 84 anos. Recebeu cartões comemorativos vindos do mundo todos, por anos seguidos, mas nunca chegou a ser mãe.

Durante a primeira missa das mães, Anna enviou 500 cravos brancos, escolhidos por ela, para a igreja de Grafton. Num telegrama para a congregação, ela declarou que todos deveriam receber a flor. As mães, em memória do dia, deveriam ganhar dois cravos. Para Anna, a brancura do cravo simbolizava pureza, fidelidade, amor, caridade e beleza.
Durante os anos, Anna enviou mais de 10 mil cravos para a igreja, com o mesmo propósito. Os cravos passaram, posteriormente, a ser comercializados.

Anna não foi a primeira a sugerir a criação do Dia das Mães. Antes dela, em 1872, Julia Ward Howe (1819 - 1910), chegou a organizar em Boston um encontro de mães dedicado à paz. Howe, autora de "O Hino de Batalha da República", era casada com Samuel Gridley Howe, um líder em educação progressiva e também um abolicionista convicto.
----------------------------------

Artigo retirado duma revista


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 15:35 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito

Sábado, 05.06.04

incandescente.gifTodos nós conhecemos a historia que originou o Dia Internacional da Mulher. Neste texto nossa proposta é apresentar quais eram as vibrações do universo pela numerologia que levaram tudo a acontecer.
O ano foi 1857, um ano universal 3 onde as vibrações de criatividade e comunicação podiam ser sentidas; tudo podia ser alcançado através de parcerias e dos processos que poderiam ser iniciados.
As mulheres estavam insatisfeitas, se sentiam exploradas, além de enfrentarem jornada dupla o salário pago a cada mulher era somente um terço do salário pago a um homem.
Em Nova Iorque, um grupo de operárias têxteis resolveram reivindicar e lutar por uma carga horária de 16 para 10 horas semanais. Estas mulheres foram trancadas dentro do galpão onde foi ateado fogo. Cerca de 130 operarias morreram queimadas.
Isto ocorreu no dia 08 de Março de 1857, um dia universal 5 em que provavelmente estas mulheres sentiam a vibração de mudança, de atracção a situações novas com base em comunicação, diplomacia e união.
As vibrações se tornarão mais fortes se analisarmos parte a parte: o dia 8 nos dá uma sugestão de poder, o mês e o ano vibravam o 3, comunicação e criatividade.
Com certeza aquelas mulheres acreditavam que com conversa e bom senso poderiam encontrar igualdade no trabalho e na vida; infelizmente nem todos vivem de forma positiva em relação ao universo.
Esta data passou a ser lembrada na Dinamarca no ano de 1910 – Ano Universal 11 – ano com vibração de numero Mestre e com elevação espiritual que nos sugere idealismo e amor incondicional.
Até hoje as comemorações do Dia Internacional da Mulher tem o objectivo de chamar atenção para a dignidade feminina.
-------------------------------
8/03/2006
Sara Rafael
http://geocities.yahoo.com.br/jerusalem_13/sararafael.html


TAGS - temas do blog
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 14:53 | link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito


R O D A P É

E se o Windows o atrapalhar...

...

PENSAMENTOS

Ninguém é tão feio como na identidade,

tão bonito como no Orkut,

tão feliz como no Facebook,

tão simpático como no Twitter,

tão ausente como no Skype,
tão ocupado como no MSN

nem tão bom como no Curriculum Vitae!!!

(from 'Yang N Cris')

Aquele que ao longo do dia

é activo como uma abelha,

forte como um touro,

trabalha que nem um cavalo

e ao fim da tarde se sente cansado que nem um cão,

deveria consultar um veterinário
porque é bem possível que seja burro.

(anónimo)

TAGS - temas do blog
(clique em cima)

01-frases-diversas

02-piadas-bd

02-piadas-prosa

03-testes e diversos

04-histórias-casos

05-tabaco-drogas

06-cultura-datas

06-cultura-geral

06-você-sabia-que

07-poemas-crónicas-laura

07-poemas-crónicas-outros

08-futebol

08-piadas-prosa-bd-futebol

09-artigos-divertidos

10-informática

11-internetices

12-atenção-avisos

12-saudosos

todas as tags

Algo sobre mim
subscrever feeds
Links especiais dos Blogs da minha autoria
Novidades no blog

Halloween

Dia do pai – 19 de Março

Dia do professor - 5 de O...

Dia dos namorados - Lenda...

Dia das mentiras - 1 de A...

Halloween (A origem)

Dia do Trabalho - 1º de M...

Dia das Mães!

Dia Internac. da Mulher

Antiguidades óptimas
Então? À espera de quê?

Quentes e boas
Muito legal adorei o post eu am o michael !
Ainda bem que não fui atingido por essa doença que...
É mesmo daqueles dia que nada me diz, prefiro foto...
Oi, XARÁ! Adorei seu Blog!Eu estava procurando ch...
O texto sobre o verão é da Rosana Hermann - blog ...
Banners-2

Morre, vírus maldito!!!!!

Fujam, que o anti-vírus pifou!!!

A atrevidinha da claque!!!!!

Como são feitos os smiles: